Tag Archives: designer

Ressalte sua criatividade e habilidades de design em 11 passos:

criatividade

Ser designer todo dia é algo que pode se tornar desgastante. Você pode sentir que está sempre fazendo as mesma coisas e que tudo está ficando cada vez mais chato. Sem contar que pode surgir aquele sentimento de que não consegue evoluir no seu trabalho, dando a impressão que se estacionou. Mas, acredite, não é bem assim. Às vezes, tudo o que você precisa é se focar um pouco mais e ir se afiando com as oportunidades que aparecem. Nesse ponto, podemos até dizer que um designer freelancer consegue ter um pouco mais de vantagem nos processos do dia a dia, uma vez que pode pegar algo novo para fazer de vez em quando, diferentemente de quem está “preso” às rotinas e processos (muitas vezes) burocráticos de uma empresa, mas mesmo assim, dá para tornar tudo isso mais criativo e motivador de novas aprendizagens.
Porque isso não é um blá blá blá?

“Se você ficar só esperando, vai ficar para trás.”

Esse ditado apesar de velho e bem clichê, não deixa de ser verdade. Está acomodado ou já está satisfeito com o que sabe e nunca busca um objetivo mais difícil? nunca vai ficar melhor, simples. Portanto, a mudança não é algo fácil, você vai precisar mexer em algumas estruturas que estão paradas. Pense assim: se algo me incomoda, então é a primeira coisa que preciso entender melhor ou mudar. Então, hoje, vamos mostrar alguns lembretes sobre como você pode continuar aprimorando suas habilidades:

1. Prática:
Criatividade requer prática. Como você pode expressar suas idéias criativas, se você não vai realmente trabalhar em algo? As ótimas ideias surgem de ideias ruins e assim por diante. Nem sempre a ideia perfeita vem de algo pronto, você precisa errar para saber quando acertou. “A prática leva à perfeição”, bem já disseram.

2. Leia blogs de design:
Se você chegou até aqui, então está no caminho certo! Há muitos blogs de design onde você pode obter um monte de dicas, tutoriais e recursos. Tudo isso vai alimentar o seu raciocínio para te incentivar a pensar criativamente. As coisas que você lerá com certeza afetarão a forma como trabalha, para melhor.
Veja uma lista com 26 blogs criativos.

3. Esteja atualizado:
Novas tendências sempre surgem. Cabe a você saber se vai segui-las ou não, mas é bom que você esteja por dentro. Muitos clientes vão medir o quanto o seu portfólio está atualizado para saber se você enquadra no que ele quer, caso contrário, ele escolherá outro.

4. Consiga o máximo de inspiração que puder:
Inspiração não é apenas em uma sala cheia de designers falando de ferramentas de Photoshop, de roughs ou do cliente que não aprova as peças. Pelo contrário, às vezes uma volta pelo quarteirão pode trazer mais auxílio que todos os outros itens citados. Coisas simples como um cinema, uma piada ou café podem ajudar bastante. Lembre-se que você não é uma máquina.

5. Entre em comunidades de design e receba feedback:
Ser parte de comunidades de design lhe dará a oportunidade de conviver com outras pessoas do ramo. Você pode até mesmo pedir feedbacks dos seus trabalhos, que podem ajudá-lo a melhorar. Certamente vai aprender muito com as dicas e a troca de experiências. Como resposta, você ainda pode dar o seu feedback para as obras de outros. Você vai conhecer novos amigos ao mesmo tempo que aprende com eles.

6. Procure tutoriais online:
Por que você não olha alguns tutoriais on-line que parecem interessantes para você ou para o seu trabalho? Além disso, o tutorial abre a oportunidade de tentar outras abordagens na concepção das suas peças para ganhar novas habilidades de design.

7. Experimente:
Não há nada em apresentar algo novo, afinal, o “não” você já tem, certo? Muitos profissionais se destacam pelo simples fato de mostrar algo que as pessoas não teriam coragem de apresentar.

8. Preste atenção em suas habilidades:
Aqui é simples, preste atenção na maneira como você trabalha. É nela que moram os defeitos que precisam ser melhorados. Uma vez que você tenta prestar atenção ao que você está fazendo, você vai ser capaz de identificar determinadas áreas onde ainda precisa melhorar. Dessa forma, desenvolverá mais habilidades e ser melhor no que está fazendo.

9. Design off:
Você poderá se expressar ainda mais se trabalhar offline. Tente desenhar enquanto o computador estiver desligado ou esboçar no papel a ideia antes de ir direto para a tela branca dos programas. Em seguida, use isso como um guia em seu projeto. Você pode escolher entre esses esboços ou também pode tentar combinar elementos de diferentes que já tenha pensado.

10. Esteja determinado a melhorar:
Não existe nada mais eficaz do estar determinado a ficar cada vez melhor. Portanto, tome um tempo para olhar os pontos que ainda te fazem errar. Crie uma lista e a use como guia todos os dias.

11. Aceite e aprenda com o erro:
Muitas vezes, o fracasso é necessário para ter sucesso. Não se sinta tão mal por cometer alguns erros no trabalho, isso é completamente normal. Em vez disso, aprenda para não errar de novo. Já tentou fazer uma lista dos erros que cometeu para evitar cometê-los novamente? Isso ajuda também!

Ufa! Esses são alguns métodos usados por muitos designers para ajudar a saírem da zona de conforto e estarem melhores e atualizados a cada dia. Existem alguns outros fatores que podem afetar sua criatividade como o seu bem-estar e o ambiente em que você se encontra, mas se seguir todos os passos citados, terá uma boa chance de se tornar um profissional melhor e, claro, mais criativo. Fonte: Assuntos Criativos by Young Clover

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Comunicação, Design, Dicas, Referências

Perfeitas criações coloridas de papel

Yulia-Brodskaya-03-3

Yulia Brodskaya é uma artista russa muito talentosa. Foi morar na Inglaterra e, em 2004, começou a se interessar por artes, tecidos, origami e colagens. Depois de um mestrado em design gráfico, Yulia usou a experimentação para explorar maneiras de trazer junto tudo o que ela mais gostava: tipografia, papel e objetos feitos a mão.

Yulia-Brodskaya-02-3 Yulia-Brodskaya-01-3

O resultado? Criações coloridíssimas de uma precisão enorme. Hoje ela faz trabalhos em papel com belíssimos detalhes para clientes do mundo todo. Fonte Blog Coral.

Deixe um comentário

Filed under Arte, Comunicação, Design, Fotografia, Referências

Pôsteres das Copas de 1930 a 2014

James Campbell Taylor assina série que cobre 84 anos de história do campeonato.

Com a data de início da Copa do Mundo 2014 cada mais próxima, o tema está presente no noticiário, publicidade, entretenimento e até mesmo nos projetos paralelos de designers como James Campbell Taylor, que resolveu recriar os pôsteres dos campeonatos realizados entre 1930 e 2014. Na descrição do projeto no Behance, o designer explica que ao longo de 84 anos, o evento contou com pôsteres muito legais e outros que deveriam ser esquecidos, mas uma coisa é bastante perceptível: os caminhos seguidos pelo design ao longo dos anos. “Cada Copa do Mundo tem seu próprio sentimento em particular, que eu tentei demonstrar em cada design, ao mesmo tempo em que tentei evocar o período gráfico… e esperando conseguir melhorar alguns dos originais”.

No site de James, é possível encontrar os pôsteres originais, enquanto a série assinada pelo designer você confere abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Brainstorm 9

Deixe um comentário

Filed under Arte, Comunicação, Design, Referências

Lápis em esculturas

Começando bem a semana pós feriado, e para a super referência do dia; esculturas! A artista Jennifer Maester inspirada na forma e função dos ouriços do mar, reflete a ambiguidade entre o bonito e perigoso, confeccionando esculturas feitas através de milhares de lápis. Olha só algumas imagens das obras de Jennifer: Curtiu? Compartilha então!!!

escultura

arte

arte

Deixe um comentário

Filed under Arte, Design, Referências

iPhone 5c mostra e suas diversas etnias

No vídeo, pessoas de diferentes nacionalidades e idades usam o aparelho. Destaque para inserção de falas nas línguas de mercados emergentes, como Brasil e Índia.

A ideia é que as opções coloridas (azul, branco, rosa, amarelo e verde) rejuvenesçam a marca, competindo mais ativamente com a sul-coreana Samsung. A estratégia fica ainda mais clara com a primeira propaganda que acaba de vazar no YouTube. No vídeo, pessoas de diferentes nacionalidades e idades usam o novo aparelho. Destaque especial para a inserção de falas nas línguas de mercados emergentes, como Brasil e Índia. Veja abaixo:

Deixe um comentário

Filed under Arte, Design, Marketing, Propaganda, Publicidade, Referências

Fita adesiva e imaginação.

nocurves1

O artista italiano No Curves, especialista em colagens, trabalha com fita adesiva para criar retratos que não contém círculos e curvas, mas trazem a ilusão de que elas estão lá, mostrando um super domínio da geometria. No Curves passou a utilizar fitas adesivas como forma de resistência às maneiras tradicionais de pintura, passando a dominar um estilo único, que também não se limita a nenhum tipo de superfície.  Hoje seu trabalho é patrocinado por uma das maiores fabricantes de fitas adesivas do mundo, a Tesla. Fonte: SMP.

Olha só a série de retratos que foram expostos na Galeria Avantgarden em Milão, Italia:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Filed under Arte, Design, Fotografia, Referências

Doodles pra hoje!

Lei Melendres, o estudante em arte filipino, é o responsável pelos doodles nas imagens que separamos para hoje! Super vale a pena conferir o portfólio do rapaz para ver quanta arte ele apronta. Essa é a nossa indicação para a inspiração de hoje. O que achou? Seu comentário é muito importante para nossa evolução. Fonte: Suck my Pixel. Olha só:

doodles-art7-640x480

doodles-art4-640x480

doodles-art5-640x480

doodles-art6-640x480

doodles-art8-640x640

Deixe um comentário

Filed under Arte, Comunicação, Design, Referências